Notícias
Notícias por área:
Notícias por data:

Música sem Barreiras sobe a Serra do Cipó e vai até Conceição do Mato Dentro

MSB-EmailsCidades-CMD

Música sem Barreiras sobe a Serra do Cipó e vai até Conceição do Mato Dentro

Projeto de circulação artística e cultural entra na segunda metade de sua viagem

pelo estado, realizando workshops e apresentações musicais.

No total, seis cidades serão contempladas, até junho.

Conceição do Mato Dentro marca o início da segunda metade do projeto Música sem Barreiras, evento gratuito de circulação artística e musical promovido pela Fundação de Educação Artística (FEA), que começou em Belo Horizonte em fevereiro e vai até junho, contemplando 6 cidades mineiras. O projeto, coordenado pela professora conceicionense Cristina Guimarães, atual coordenadora pedagógica da FEA, tem por objetivos principais chegar a comunidades carentes da periferia e do interior, rompendo obstáculos ao mesmo tempo em que favorece a formação profissionalizante na música.

Em Conceição do mato Dentro, o Música sem Barreiras será na próxima sexta-feira, dia 26 de maio. Assim como vem ocorrendo nas outras cidades, serão oferecidos gratuitamente um workshop já com inscrições abertas, além de uma apresentação musical também gratuita, direcionada ao público em geral. O workshop será no período 7h30 às 9h30, na Escola Municipal José Aniceto Costa, que fica no bairro Barro Vermelho e a apresentação musical às 19 horas, no Eden Clube, bem no Centro da cidade.

Para o workshop são oferecidas 40 vagas para crianças de 10 e 11 anos. Não há pré-requisitos. A partir de atividades de percepção, criação e performance, o workshop pretende proporcionar aos alunos uma vivência musical vinculada à voz, aos movimentos corporais e à escuta.

Participam desta apresentação alunos e professores da FEA: Anna Paula e Karine Basseda (voz), Jefferson Assis (clarineta), Jayaram Marcio (violoncelo), Otávio Augusto e Agostinho Paollucci (violões), Samuel Alexandre (cavaquinho), Gustavo Elias (violão e percussão), Almin de Oliveira (percussão), John Lennon (piano) e Rafael Macedo (piano).

Circulação cultural pelo interior

Música sem Barreiras é um dos projetos culturais mais fundamentais e abrangentes desenvolvidos pela FEA em seus 54 anos de existência, comemorados no último dia 22 de maio, na segunda-feira que antecedeu ao evento. Ele foi idealizado como um programa de circulação artística e cultural, constituído de workshops para alunos com os mais diferentes perfis – já que as realidades de cada cidade contemplada são as mais diversas -, além de apresentações musicais abertas ao público em geral. Algumas dessas apresentações podem ocorrer em praça pública. O projeto acontece até junho deste ano e pretende levar a comunidades de diferentes regiões do estado ações culturais inclusivas e participativas, que favoreçam a interiorização, o intercâmbio e a acessibilidade à música, respondendo às demandas culturais locais da maneira mais abrangente e interativa possível.

Outro aspecto que merece destaque é o forte estímulo à formação profissionalizante de alunos bolsistas para a música. Eles participam do programa de bolsas de estudos da FEA que beneficia jovens com reconhecida vocação para a música, mas que não dispõe de recursos para custear seus estudos musicais.

Na avaliação da coordenadora do Música sem Barreiras, a professora conceicionense Cristina Guimarães, a presença do projeto em Conceição do Mato Dentro é especialmente importante por conta da tradição e vocação musical da cidade. Ela destaca a oportunidade de levar mais esse incentivo aos jovens locais que, nas palavras dela, “são muito musicais”.

Além da coordenação geral de Cristina Guimarães, o projeto também é coordenado pelos professores Marcelo Chiaretti, Rafael Macedo e outros, todos da FEA. Segundo Cristina Guimarães, o Música sem Barreiras abre espaço para jovens carentes que querem estudar música, assim como rompe obstáculos ao chegar a comunidades carentes das periferias e do interior. Ao mesmo tempo, favorece a formação profissionalizante de jovens músicos, sem limitar gêneros musicais ao programa de apresentações. “O legado é diferenciado e tanto estimula o movimento musical local quanto o desenvolvimento da sensibilidade artística, preparando o aluno para ouvir. Isto é apreciação musical”, celebra.

O Música sem Barreiras é um projeto da FLAMA – Associação de Amigos da Fundação de Educação Artística, com realização pela Fundação de Educação Artística e patrocínio da PETROBRAS, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Próximos eventos

Conceição do Mato Dentro
26 de maio, sexta-feira
Workshop: Escola Municipal José Aniceto Costa, Bairro Barro Vermelho

Apresentação: Eden Clube, Centro.

Ouro Preto
3 de junho, sábado
Workshop e Apresentação: Teatro Municipal Casa da Ópera, Rua Brigadeiro Musqueira, 104.

Betim
24 de junho, sábado
Workshop e Apresentação: Casa de Cultura, Rua Padre Osório Braga, 18 – Centro.

Curtiu? Compartilhe!

Calendário de Eventos