Santo Antônio do Norte

“Tapera, dependência da paróquia de Conceição, fica situada em um grande vale, limitado por colinas, recobertas umas de mata-virgem, outras de gramíneas. Ao redor da aldeia do vale não oferece senão traços do trabalho dos mineradores. Uma só rua, à extremidade da qual fica a igreja, constitui a aldeia. As casas que a compõe são em número de 70, quase todas cobertas de telhas e muito bonitas, mas várias entre elas estão abandonadas e em muito mau estado”.

A descrição do antigo povoado de Tapera, hoje distrito de Santo Antônio do Norte, feita em 1817 pelo naturalista francês Saint-Hilaire, parece de nossos dias: a localidade mantém não só a beleza paisagística de seu sítio, mas como também preserva, em decorrência da estagnação econômica, as suas características do período colonial. O aglomerado urbano ainda se limita praticamente a uma única rua, porém bastante harmoniosa e homogênea. Na arquitetura civil resta uma sucessão de casas baixas, de taipa, caiadas de branco. Na arquitetura religiosa, a igreja de Santo Antônio e a capela de Sant’Ana.

O nome atual do distrito lhe foi atribuído pelo decreto-lei n.º 148, de 17 de dezembro de 1938. A formação do antigo arraial de Tapera remonta ao século XVIII e seus primeiros habitantes se empregavam na mineração do ouro, cuja exploração se fazia no leito do rio Santo Antônio e seus pequenos afluentes ou nas encostas dos morros vizinhos. Esgotados os veios de metal precioso, os moradores passaram por muito tempo a dedicar-se à fabricação de tecidos e chapéus de algodão como alternativa de sobrevivência econômica, pois o solo não se prestava ali a uma atividade agrícola em condições rentáveis. Os produtos de algodão, inclusive colchas, lençóis e toalhas em desenhos coloridos, tinham uma grande aceitação, chegando a ser exportados para o Rio de Janeiro.

Hoje, assim como o distrito de Córregos, Santo Antônio do Norte, que tem uma população de 662 habitantes (Censo 2010/IBGE), tem crescido muito em função do turismo, pois é um dos núcleos da Estrada Real. O projeto, aliado a um programa desenvolvido pela Prefeitura Municipal, tem aumentado significativamente o número de turistas na região. Prova disso é que o lugar conta hoje com duas pousadas para receber os turistas. A localidade conta ainda com o ETA – Encontro dos Taperenses Ausentes, cavalgadas, banda de música, e turismo religioso como opções de lazer.

Fontes: Livro: Minas Gerais – Monumentos Históricos e Artísticos – Circuito do Diamante. Publicação: Fundação João Pinheiro; Diagnóstico socioambiental da Agenda 21 Local de Conceição do Mato Dentro – MG

Atrativos Naturais de Santo Antônio do Norte

Atrativos Histórico-Culturais de Santo Antônio do Norte

Como chegar: Distância da sede: 65km

Curtiu? Compartilhe!