Notícias
Notícias por área:
Notícias por data:

Os desafios da Educação editados no Plano Municipal

Aprovado no dia 19 de junho pela Câmara de Conceição do Mato Dentro, o novo Plano Municipal de Educação apresenta diretrizes e metas que visam a melhoria da educação nos próximos dez anos, período de vigência do PME. Elaborado junto com a comunidade escolar e validado na Conferência Municipal de Educação no dia 29 de maio, o PME foi coletivamente revisado antes de ser enviado para sanção. Mas o que muda no novo Plano?

O Plano Municipal de Educação atende as diretrizes e metas do Plano Nacional de Educação, instituído em 2014. Dentre os vetores estão: o direito igualitário à educação, sem distinção de raça, cor ou credo; a inclusão dos portadores de deficiência física; a diminuição da evasão escolar; a capacitação e formação dos professores; a transparência e comprovação dos recursos financeiros.

Para a secretária municipal de Educação, Juliana Rajão, projetar o PME para um futuro de 10 anos, foi desafiador e precisou de “olhar inovador e ousado”. Ela explicou que no último Plano Municipal de Educação, não se vislumbrava uma possível atividade minerária no município. Mas com o advento da mineração, o Plano 2015/2025 projeta mudanças significativas para a educação, como por exemplo planejar Conceição para uma cidade universitária. “Nossa prioridade enquanto município é garantir a melhoria e a qualidade da educação básica, mas pensar numa cidade universitária mudará os rumos de Conceição, que sempre foi referência em educação”, justificou a secretária.

“Enfatizamos que a construção deste plano para a gestão atual exigiu trabalho redobrado, pois além de passar por dois mandatos, este e o próximo, abrange toda a educação escolar no município (municipal, estadual e particular), atentos às mudanças locais, estaduais e nacionais”, declarou Juliana Rajão. Dentre os aspectos inovadores, a secretária ressalta a correlação do PME com o PAR – Plano de Ações Articulares e o Plano Plurianual, os quais visam a captação de recursos para investimentos na educação, tornando imprescindível que o Plano Municipal seja alinhado ao Plano Estadual e Nacional de Educação.

Curtiu? Compartilhe!

Calendário de Eventos