Notícias por área:
Notícias por data:

Quase tudo pronto para o novo Plano Diretor

Mais uma etapa da revisão do Plano Diretor está sendo desenvolvida com a participação direta da sociedade civil organizada. As propostas de alterações da lei foram apresentadas pela Tetra Tech consultoria à equipe técnica da Prefeitura e ao CMDU – Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano. Os ajustes sugeridos pela PMCMD e pelo CMDU foram acatados e serão apresentados em versão final para avaliação e validação. Se de acordo, a lei irá para apreciação em audiência pública com posterior envio à câmara. A nova previsão é de que a lei seja votada no início de 2015.

Embora o cronograma inicial tenha sinalizado novembro como o mês de votação do PD, a prorrogação do processo é vista como positiva, pois confirma a seriedade com que a revisão da lei vem sendo trabalhada. Todas as considerações feitas pela população estão sendo avaliadas e adequadas e por isso houve a necessidade de promover mais reuniões nesta etapa final. As novas realidades social, ambiental, econômica e territorial foram cuidadosamente tratadas conjuntamente.

“A participação da sociedade no processo de revisão do Plano Diretor foi determinante para que esse Plano representasse efetivamente os interesses dos moradores de Conceição do Mato Dentro. A partir de 2015 nossa cidade terá novos rumos em prol de um desenvolvimento com preservação e qualidade de vida, rumos esses definidos pelas mãos de inúmeros conceicionenses em cada parte do município”, disse o secretário municipal de planejamento e desenvolvimento econômico, Ricardo Guerra.

Ao todo, foram realizados mais de 50 encontros, entre oficinas comunitárias envolvendo os moradores de todos os bairros e distritos, oficinas técnicas para a comunidade, oficina tecno-comunitária, reuniões do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e reuniões da Comissão de Acompanhamento e Implantação. Tantos encontros foram de fundamental importância para houvesse intenso diálogo entre as equipes técnicas e os cidadãos.

“Foi um processo de aprendizado de mão dupla. Conhecemos melhor quem é o nosso povo, suas angústias, seus sonhos, suas necessidades, e eles também tiveram a oportunidade de conhecer o território onde vivem e também de nos conhecer. Hoje Conceição sabe que seus representantes são pessoas preocupadas em cuidar de sua gente, de suas riquezas, de seus valores”, finalizou Ricardo.

Em reunião no dia 11 de novembro, a CAI analisa divisões territoriais propostas pela Tetra Tech

Em reunião no dia 11 de novembro, a CAI analisa divisões territoriais propostas pela Tetra Tech

Curtiu? Compartilhe!